Grupo Colorado sensibiliza seus parceiros agrícolas e fornecedores para a Campanha Agro Contra o Câncer

O Hospital de Amor de Barretos, SP é uma instituição que trabalha com seriedade e é responsável por um dos maiores projetos sociais do mundo. Em 2018, o Hospital de Amor atendeu a 192.215 pacientes com câncer, provenientes de 2.167 municípios brasileiros.
A instituição enfrenta um déficit mensal de cerca de R$ 23 milhões, provocado pelo atendimento gratuito prestado a pacientes com câncer. O prejuízo se dá por conta do volume de atendimento gratuito a pacientes de todo o Brasil, que soma uma despesa de cerca de R$ 38 milhões por mês, que não é coberta pelos cerca de R$ 15 milhões repassados pelo SUS.
Como forma de apoiar o trabalho realizado pelo Hospital de Amor, o Grupo Colorado, por meio de suas unidades sucroenergéticas, Usina Colorado e Central Energética Morrinhos, são mobilizadores da campanha O Agro contra o Câncer. Trata-se de um movimento do Hospital de Amor de Barretos, que busca, arrecadar recursos para reduzir o déficit do Hospital, por meio de uma ação inovadora.
A Campanha sugere a doação espontânea de um pequeno valor que incide sobre cada tonelada de cana-de-açúcar que o produtor rural entrega para moagem. É possível doar valores sugeridos de R$ 0,03, R$ 0,05, R$ 0,07 e R$ 0,10 por tonelada de cana-de-açúcar fornecida durante o ano safra.
O fornecedor de cana que entrega 50 mil toneladas de matéria-prima para a unidade moedora por ano, e que obtém faturamento bruto de R$ 3,5 milhões, se optar por doar R$ 0,03 por tonelada de cana, ao final do ano estará doando ao Hospital de Amor R$ 1.500,00. Já o produtor que optar por doar R$ 0,05 por tonelada de cana doará ao HA o valor de R$ 2.500,00 por ano. Aquele que optar por doar R$ 0,07 por tonelada, estará totalizando anualmente R$ 3.500,00 em doação ao Hospital. No caso da opção em doar R$ 0,10 por tonelada, a doação representara o montante de R$ 5.000,00 por ano.
São valores expressivos para o Hospital de Amor, mas que, ao mesmo tempo, não pesam no bolso de quem produz. Conforme os termos da Campanha, o valor será descontado do crédito decorrente do fornecimento de cana-de-açúcar para somente no mês de dezembro de cada ano, com base na quantidade de cana entregue por cada produtor que concordar em aderir à Campanha.
“Se obtivermos uma grande adesão, conseguiremos reunir um volume de recursos importantes para apoiar o trabalho do Hospital de Amor. Por isso, convidamos todos os parceiros agrícolas da Usina Colorado e da Central Energética Morrinhos a participarem desta iniciativa. Sugerimos que parceiros e fornecedores conversem com outros produtores, sugiram a doação e ajudem-nos a disseminar essa decisão em defesa da vida”, declarou o coordenador da campanha e voluntário do Hospital, José Rubens de Carvalho, o Rubikinho.
A Agropecuária ORM Ltda e Condomínio Agropecuário José Paulo Mendonça e Outros foi o primeiro parceiro da Usina Colorado a atender ao chamado e aderir à Campanha Agro Contra o Câncer, fazendo sua doação.(leia o box)

Atendimentos
O atendimento à comunidade prestado pelo Hospital de Amor é bastante significativo. Na região da Usina Colorado, localizada em Guaíra, no ano de 2018, somente em quatro municípios o número total de atendidos foi de 4.121 pessoas, sendo 2.879 pacientes de Guaíra; 301 pacientes de Ipuã; 416 pacientes de Miguelópolis e 525 de Orlândia.
Já em Goiás, no município de Morrinhos, onde está localizada a Central Energética Morrinhos, o Hospital de Amor atendeu a 429 pessoas, sendo 272 pacientes de Goiatuba; 64 pacientes de Morrinhos; 70 pacientes de Buriti Alegre e 23 de Panamá.

Apoio contínuo
Esta não é a primeira vez que o Grupo Colorado sai em defesa do Hospital de Amor. Em agosto de 2018, a diretora de Responsabilidade Social do Grupo Colorado, Josimara Ribeiro de Mendonça, oficializou a doação de energia elétrica limpa e renovável, produzida a partir do bagaço da cana-de-açúcar, à instituição.
Desde o mês de maio de 2018, a Usina Colorado supre parte da demanda da instituição. A doação dos 800 MWh/ano de energia elétrica limpa e renovável, equivale a R$ 200 mil por ano e representa 5% da energia consumida, mensalmente, pelo Hospital.

 

Com a palavra, o Condomínio TRM, o primeiro a aderir à Campanha Agro Contra o Câncer

“Com a Campanha Agro Contra o Câncer, nós do Condomínio TRM encontramos uma forma de apoiar o trabalho realizado pelo Hospital de Amor. Foi uma decisão de toda nossa família, tomada assim que soubemos da Campanha.
Nós acreditamos que, mesmo em um momento de crise econômica, vale a pena para o produtor abrir mão de uma pequena parte da receita por essa causa tão importante para toda a região. Por isso, nós achamos que é muito importante que mais produtores rurais também participem.”

Theodoro Ribeiro de Mendonça Neto, Condomínio TRM

Responda