O amor pela corrida une a Família Nunes

“Aprendi a trabalhar aqui na Colorado”

A Usina foi o primeiro emprego de Maurinho. Ele conta que deixou a empresa por pouco tempo e voltou logo em seguida e já completou 24 anos de casa.

Mauro Nunes Gonçalves é Líder de Manutenção Elétrica e, nas horas vagas… corredor.

Seu orgulho é a família que formou junto com a esposa Silvana. O casal tem dois filhos, Emiliane, que é farmacêutica em Ribeirão Preto e Matheus, que que é balanceiro da Balança e pesagem de Cana.

A paixão pelo esporte virou coisa de família. Matheus acaba de conquistar o 2º lugar na categoria 20 a 29 anos da I Corrida do Bem de Guaíra, com o tempo de 24m57s. Ele divide com o pai o gosto pelas pistas de corrida. Assim como o irmão de Maurinho, Ademir Nunes Gonçalves, que é mecânico de Manutenção Industrial da Oficina de Manutenção Indústria Colorado e que também se destacou na Corrida do Bem, ficando com o 3º lugar com o tempo de 26m4s na categoria 40 a 49 anos. Wesley, motorista canavieiro, filho de Ademir e sobrinho de Maurinho, também corre nas horas vagas.

Para Maurinho, a corrida serve também como terapia. “Tive um ataque de ansiedade e Dr. Pedro indicou a prática de esportes. Comecei a correr para fugir dos problemas. Em três meses fiquei livre dos remédios.”.

Ele conta que começou com caminhadas leves: “andava cem metros e já sentia o batimento cardíaco. Hoje corro 5 quilômetros sem alteração”, conta. Precavido, Maurinho recomenda muito aquecimento para driblar o risco de contusões.

“Eu caminhava e aí me inscrevi na Night Run em Barretos há dois anos, quando passei a correr. Gosto do desafio e da superação de vencer o tempo. Além de se livrar da ansiedade, com a corrida Maurinho deixou para trás o excesso de peso.

Perdeu 7 quilos e hoje está feliz com os atuais 83 quilos. “Correr me fez muito bem mesmo. Mudei minha alimentação. Hoje tenho uma nutricionista que me orienta. Uma hora antes de correr, me alimento de frutas ou isotônico”.

Maurinho frequenta a Academia Água Viva e escolheu a pista de atletismo do Parque Maracá para os treinos ao ar livre.

Mas em que você pensa enquanto está correndo? “– Em nada, penso em chegar logo e melhorar o tempo”, responde. Agora ele se prepara para mais um desafio: quer se tornar maratonista percorrendo 42 quilômetros. Uma verdadeira superação. Já estamos torcendo por mais esta conquista.

 

Responda