Usina Colorado é apresentada como exemplo de empresa sucroenergética para alunos de Geografia da USP

Pelo quinto ano consecutivo, a Usina Colorado foi o destino da visita que os alunos do curso de Geografia da Universidade de São Paulo realizam para conhecer em profundidade a produção agrícola do setor sucroenergético.
Sob orientação da Professora Doutora Valéria de Marcos, do Departamento de Geografia da Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas da USP, 65 alunos da disciplina de Geografia Agrária do segundo ano do curso de Geografia visitaram a Usina Colorado na manhã do dia 1º de junho, um sábado.
Além da professora, a turma esteve acompanhada por quatro monitores. Os visitantes foram recebidos no Escritório Central da Usina Colorado pela supervisora de Comunicação e Responsabilidade Social do Grupo Colorado, Maria Inês Marcório Guedes Moreira de Carvalho que distribuiu exemplares do Relatório de Sustentabilidade e informativos da empresa.
O coordenador industrial da Usina Colorado, Paulo Carvalho detalhou para os alunos os aspectos sobre o funcionamento da Usina, processamento da cana-de-açúcar e transformação em açúcar, etanol e energia, questões sobre o plantio e contextualizou os alunos sobre o cenário econômico, social e ambiental do setor.
Os alunos foram levados para a visita às lavouras de cana para acompanhar os processos mecanizados pelo supervisor de colheita mecânica da Usina Colorado, César Yamane. E, depois do café, o grupo seguiu de ônibus para conhecer a planta industrial acompanhados do supervisor de qualidade industrial Reginaldo Alves Barbosa e do técnico de segurança Luciano Aparecido Rodrigues.
“O trabalho de campo que realizamos a partir da Usina Colorado tem por objetivo discutir o desenvolvimento da agricultura nesta fase atual. Guaíra tem se destacado na produção de cana-de-açúcar e seria muito importante para os alunos poderem saber um pouco mais sobre esta expansão, a escolha da região, o cultivo da cana, técnicas de manejo e processamento, problemas enfrentados, perspectivas e o papel da cultura e da usina no desenvolvimento da região.”, sintetizou a professora.

  “Fica um especial registro de agradecimento à abertura a nós proporcionada pela Usina Colorado, ao permitir aos estudantes conhecer de perto as dimensões do processo de cultivo da cana de açúcar e de produção do açúcar e álcool.”
Gostaria de agradecer mais uma vez à Inês, Paulo, Rafael, César e demais funcionários que nos receberam, e em nome deles à Usina Colorado, por mais esta oportunidade de visita com os alunos do curso de Graduação em Geografia. Neste quinto ano em que essa experiência se repete, fica para mim mais uma vez comprovada a importância que as atividades de campo proporcionam na formação dos estudantes. Neste sentido, fica um especial registro de agradecimento à abertura a nós proporcionada pela Usina Colorado, ao permitir aos estudantes conhecer de perto as dimensões do processo de cultivo da cana de açúcar e de produção do açúcar e álcool. Para os alunos, é sem dúvida uma experiência que ficará registrada para sempre. Prova disso são os relatos de uma ex-aluna e orientanda que visitou a Usina em 2011 e que, este ano, retornou como monitora auxiliando-me no curso e relatou aos alunos da turma que cita sempre em sala para seus alunos a visita que realizou com sua turma quando aluna da Graduação. Também as discussões feitas em sala no retorno do campo me permitiram compreender o quanto a visita tinha dado materialidade às discussões realizadas em sala. Para mim, é uma imensa alegria poder contar com essa abertura, e com a sempre afetuosa recepção e as pacientes e atenciosas explicações de Inês, Paulo, Rafael e César às inúmeras questões que os alunos lhes colocam, em uma manhã ensolarada de sábado.
Profa. Dra. Valeria de Marcos – Vice-Chefe do Depto de Geografia – FFLCH USP

 

  “Com o objetivo de observar as dinâmicas de funcionamento da agroindústria e conhecer de perto como se dá todo o processo, nos foram apresentados dados produtivos e a grande história da empresa…”
No início do mês de julho, nossa turma de Geografia Agrária I ministrado pela Professora Doutora Valéria de Marcos visitou a Usina Colorado. Fomos guiados por gestores da usina que nos deram muita atenção e suporte para quaisquer tipos de dúvida e nos mostraram o panorama geral de funcionamento da produção da usina, fazendo com que a visita tenha tido um foco técnico, científico e informacional muito esclarecedor. Com o objetivo de observar as dinâmicas de funcionamento da agroindústria e conhecer de perto como se dá todo o processo, nos foram apresentados dados produtivos e a grande história da empresa no ramo do agronegócio assim como nos foi permitido fazer um tour nas dependências da usina, observando e adentrando o próprio canavial (uma vez que cana-de-açúcar é o principal cultivo da Colorado em São Paulo) e também a parte de transformação da planta em outros produtos.
O trabalho de campo foi extremamente produtivo e esclarecedor para nós, estudantes, de inúmeras maneiras, pois ver em prática o que aprendemos em sala de aula ajuda muito na compreensão dos processos que envolvem o agronegócio brasileiro que está cada vez mais em alta. A Usina Colorado nos recebeu muito bem do início ao fim, com muita atenção e respeito à nós e nossas dúvidas, fazendo com que o processo de aprendizagem tenha sido uma troca muito boa!
Thalita L. Rego – Aluna da disciplina de Geografia Agrária do segundo ano do curso de Geografia da USP

 

 

 

Responda